Arquivo da categoria: Gramsci

Para entender a TV Digital: Bibliografia 5

O Poder da TVPara uma real compreensão da amplitude e dos impactos desta atual transição da TV Analógica para a TV Digital, faz-se primeiro necessário, evidentemente, uma diligência acerca da extrema relevância deste meio de comunicação em nossa sociedade contemporânea. Em seu breve livro, O Poder da TV, o autodeclarado esquerdista e polêmico José Arbex Jr. revela alguns aspectos dessa investigação, decompondo os elementos que fazem da TV o meio de comunicação soberano de manipulação do imaginário coletivo – com enfoque especial para o contexto brasileiro – explicitando os processos de simulação imagéticos cujo espectador é convidado permanentemente a identificar a realidade como a sucessão de imagens que se é transmitida pela tela, transmitindo ao público um confortável acesso aparentemente direto e imediato com o suposto real.

 

Segundo Arbex, a dinâmica da imagem requer respostas rápidas de quem a ela está submetido, por meio de reações reflexas e imediatas, impedindo a possibilidade de reflexão, constituindo-se num mecanismo extremamente eficaz de se manter oculta a estrutura que está na base do recorte segundo a ótica de quem controla os meios e a tecnologia dessa produção. A velocidade torna-se, assim, componente fundamental desse processo que exige sucessivos e novos eventos para despejá-los num público já adaptado a este ritmo frenético em que o excesso de informação, paradoxalmente, tem como objetivo tranqüilizar e anestesiar o indivíduo imerso ao caos, conduzindo-os a um estado de desinformação, redundância e não registro das informações.

 

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Gramsci, Imagem, Jornalismo, Manipulação, Mídia de Massa, Novela, Pangea Day, Rogério da Costa, Televisão, TV Aberta, TV Digital

O bloqueio (físico e mental) na TV Digital

Como já dizia Gramsci acerca dos absurdos na relação da mídia e seu público, os meios de comunicação são controlados pelo capital privado, embora eles tratem de assuntos pertencentes à esfera pública. Esses assuntos da esfera pública, porém, são abordados e debatidos de uma maneira privada quanto ao seu conteúdo, ao seu direcionamento, ou à maneira pela qual são analisados. Isto evidentemente faz com que a mídia tenha adquirido um grande poder uma vez que ela passa a ser o agente detentor de um papel de interesse público controlado unicamente pelo próprio capital privado, e não pelas ditas instituições públicas.

Antonio Gramsci morreu no ano de 1937, em Roma, Itália, num governo dito fascista. Setenta anos depois, ano de 2007, em Brasília, Brasil, num governo dito democrático, meia dúzia de famílias brasileiras – que detêm o controle dos grandes grupos de comunicação no país – querem dizer às milhões de famílias brasileiras – cuja maioria vê “a” realidade através dos “olhos” do casal de estrelas Bonner & Bernardes – não apenas o já trivial – o que devem ou não devem pensar – como também o que devem ou não devem fazer com o próprio conteúdo em si do que se passa pela tela da TV em cada um dos 40 milhões de domicílios do país.

Globo Lock 

Continuar lendo

2 Comentários

Arquivado em Autoprogramação, Direitos Autorais, Gramsci, interatividade, Jornalismo, Pirataria, Televisão, TV Digital

Plus ça change, plus c’est la même chose

Casa-Grande & SenzalaDa célebre máxima francesa ”Plus ça change,  plus c’est la même chose” à idéia do escritor italiano Lampedusa de que é preciso que tudo mude para que tudo fique como está, passando pelo conceito de “via prussiana”, elaborada por Lenin – em que conservam-se na nova ordem fundada claras sobrevivências das formas anteriores – à de “revolução passiva”, cunhada por Gramsci – cujos processos de modernização promovidos pelo alto há conciliação entre diferentes segmentos das classes dominantes como recurso para afastar a participação das massas populares – tais concepções clássicas têm em comum o fato de invariavelmente retratarem a maneira como vêm sendo conduzidas historicamente as mais distintas transformações brasileiras nas mais diversas áreas.

Continuar lendo

3 Comentários

Arquivado em Gramsci, História do Brasil, Lampedusa, Lenin, TV Digital, Via prussiana